Não é um ato corriqueiro, mas, hoje, me olhei no espelho e gostei do que vi. Gostei de mim. No reflexo, a pele manchada de sol não me incomodou, tampouco as marcas de expressão e a sobrancelha por fazer. Meu cabelo, por vezes indomável, me pareceu bonito; estava preso num coque alto com alguns fios caindo displicentemente na minha nuca. Os meus olhos, aqueles que, por vezes, foram tão cruéis, tinham um ar de compaixão, talvez. E, se antes me julgavam, hoje trazem aceitação.


E apesar de todos os pesares, ainda há espaço para a troca.

Há a amizade, o afeto e os abraços — mesmo que virtuais.

Há também o acolhimento, a cumplicidade e o ouvido.

Há escuta.

Há silêncios compartilhados e solidões também.

Há esperança, afinal.


O velho sábio está perdido

Ele olha, mas não enxerga

Lê, mas não compreende

Está confuso, assim como eu


Eu sempre tive apego por vozes. Timbres, especialmente. Acredito que muita coisa é transmitida pela voz e, apesar de eu ter uma preferência por ouvir músicas cantadas por vozes femininas, tenho a voz do meu pai como a minha preferida. Talvez seja pela autoridade e respeito, mas também pelo afeto…


Dentre todas as mudanças impostas pela chegada da Covid, as máscaras, definitivamente, têm grande importância. De diferentes cores e tecidos, elas fazem parte dessa nova realidade que agora chamamos de “novo normal”. …


Tétano

O apaixonamento inicial é inerente às relações. E mais: não importa o tipo. No início, como dizem, tudo são flores. O olho brilha; o coração bate mais rápido e, às vezes, bate em sincronia. É o período em que exercitamos a nossa generosidade ao máximo. Há uma cegueira momentânea…


A chegada da pandemia de Covid-19 impôs uma série de desafios e instaurou uma crise mundial sem precedentes. Mais: expôs de maneira cristalina todas as nossas misérias como sociedade. 2020 foi o ano que tivemos que olhar tudo que deixamos por fazer — no campo individual e também, no coletivo…


The alarm goes off and I reach for my cell phone on the nightstand. With my eyes half open, I turn off the alarm and begin to scroll through my social media and the news. While one friend posts a photo from his latest trip with a hashtag “saudade”, another…


2020 foi um ano atípico. Acho que todos tivemos um ano assim, atípico — no mínimo. Na virada de 2019 para 2020, eu tinha um só plano para o próximo ano: defender o doutorado; terminar um ciclo e começar outro. Mas, a pandemia chegou e com isso, planos tiveram que…


A lagosta

A feira de ciências era um dos grandes acontecimentos da minha escola. Lembro que os projetos eram super bem feitos e quando chegou a nossa vez de participar da feira, a minha sala ficou muito animada. Os professores dividiram a turma em alguns grupos e o meu grupo…

Aline Porto

I write what I cannot forget

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store